Posts Populares

Popular Posts

Postado por: Vinícius Dutra sábado, 13 de fevereiro de 2016


Logos após iniciar sua jornada almejando chegar na Liga Kalos e perder seu primeiro desafio de ginásio contra Bonnie, Math e seus Pokémon agora só pensam em treinar em uma floresta próxima a cidade. 
A palavra Herói foi digita errada, com o acento em cima do "e", o certo é em cima do "o". Me desculpem! 

Math: Saíam todos! – Gritou o menino arremessando três Pokéball para o ar. — Temos que focar no treino, entenderam?

*Das Pokéball saíram um Gogoat, uma Pumpkaboo e um Sandile, os três se cumprimentaram e sentaram-se no chão, ficando de frente para Math. 

Math: Nossa batalha contra a esquentadinha da Bonnie foi um desastre. – Disse o garoto com jogando um olhar triste para seus Pokémon. — Não pensei que ela fosse tão forte, fui muito orgulhoso em pensar que poderia vencer sem treino e preparação.

Gogooo – Disse Gogoat esfregando seus chifres nas mãos de Math.

Math: O meu amigo obrigado por estar sempre comigo, você sempre me deixa mais feliz. – Disse Math sorrindo para Gogot.

Math: Temos um longo caminho a percorrer, se quisermos chegar na Liga Kalos, e para isso, temos que derrotar a Bonnie, ela é bastante forte. 

Puuumpaa – Disse Pumpkaboo confirmando o que Math tinha dito.

Math: Seus três Pokémon são incríveis, Dedenne, Pikachu e Heliolisk, tenho que me preparar bem para cada um deles. – Disse Math olhando para o céu. — Tenho que capturar mais Pokémon! - Completou.

*Após a fala de Math, o ambiente muda mostrando Jack e Diantha conversando no mesmo lugar que se encontravam antes.

Jack: Quer dizer que o Marvin, o cara que quis roubar meu Riolu, é seu irmão? – Indaguei a Diantha quase gritando.

Diantha: Infelizmente sim, me desculpe por ele. – Disse ela com olhar triste.

Percebi que ela tinha ficado cabisbaixa, e parecia estar com vergonha. Algumas lágrimas desceram pelo seu rosto, mas logo ela as secou, parecia querer se mostrar forte diante dos outros.

Diantha: Meu irmão tem um distúrbio mental. Então o líder do Time Flare, com a intenção de me atacar, abusou do distúrbio de meu irmão e o colocou contra mim. Hoje ele é membro do Time Flare. 

James: Que horror! — Agora entendo sua tristeza. 

Diantha: Sim, mas não se ligue nesse problema. — Agora já estou bem novamente. — Disse a mulher sorrindo para mim.

James: Ótimo! Será que posso lhe fazer uma pergunta? – Indaguei.

Diantha: Claro! – Respondeu. — O que quer saber?

James: O que houve a 20 anos atrás, que a fez sair do cargo de Campeã de Kalos? – Perguntei com o tom de voz alto e firme.

Diantha: É...é – Gaguejou. — Desculpe, mas não posso lhe dizer algo pessoal e “secreto”! – Respondeu.

James: Secreto? – Perguntei confuso. — O que há de tão secreto nisso? 

Diantha: Criança, este assunto perto de mim é secreto, se outra pessoa lhe falar, o problema é dela. – Gritou Diantha.

James: Ok, ok! Me desculpe. Não tive intenção de irrita-la. – Eu disse sorrindo sem graça.

Diantha: Me desculpe também! Perco a cabeça fácil. – Disse sorrindo. — Mas, no nosso próximo reencontro prometo que lhe conto tudo! 

James: Certo, irei esperar por esse dia. — Para onde irá agora?

Diantha: Irei até Vaniville Town, tenho assuntos importantes para resolver lá. – Respondeu
James: Entendi! Nos vemos por aí! – Eu disse sorrindo.

Diantha e eu nos entreolhamos por alguns segundos, sorrimos e nos despedimos, e fomos para direções diferentes. Senti uma triste ao me despedir dela, era como se fossemos ligados profundamente. 

*O ambiente muda mostrando Math em frente a Torre Prisma com um homem.


[Torre Prisma - 14:20]

Math: Mas tio Meyer tenho mesmo que esperar? – Perguntou Math. 

Meyer: Sim, só mais um pouco. – Respondeu rindo. – Você morava em Kanto e nunca conheceu sua prima.

Math: Aaaah, tudo bem. – Conformou-se.

Após longos minutos de espera, Meyer se virá após ouvir barulho de alguma porta abrindo, ao olhar ele se depara com Bonnie sua filha que vinha em sua direção.

Bonnie: Papai, que bom que veio. – Disse a menina cumprimentando seu pai.

Meyer: Olha aí meu anjinho crescido. – Sorriu o homem. — Math conhece a Bonnie, sua prima.

Math/Bonnie: Ele (a)? — Disseram Math e Bonnie sincronizados. 

Meyer: Já se conhecem? – Perguntou. 

Bonnie: Sim! O venci agora pouco, em uma batalha de ginásio. – Respondeu Bonnie com o tom de voz sarcástico. 

Math: Não precisa se engrandecer, terei minha revanche. – Disse Math rindo para Bonnie.

Bonnie: Te esperarei ansioso! – Comentou.

Meyer: Vejo que já estão bem entrosados. — Já posso deixá-los sozinhos!

Math: O que? Tio aonde vai? – Perguntou Math.

O menino mesmo já com uma certa intimidade com Bonnie, ainda se sentia envergonhado de estar com ela, mas era estranho, a vergonha não era por ter perdido a batalha, era por algo que ele sentia no coração
.
Bonnie: O que foi? Está com medo de mim?  - Provocou a loira.

Math: Claro que não! Não tenho medo de menininhas. – Disse sarcástico. 

Bonnie: Cale a boca! Não seja machista, as mulheres podem muito bem ser fortes. – Gritou Bonnie.
Math: Tá, tá. Me desculpe! – Disse arrependido.

Meyer: Certo, acho melhor pararem com isso. – Comentou. — Usem essa energia para outra coisa.
Bonnie: Boa ideia, vamos batalhar! – Gritou ela, seu tom de voz estava firme.

Math: Eu aceito! Não terei medo de você, priminha. – Respondeu o garoto com o tom de voz provocativo.

Meyer: Certo, se entendem! Tenho que resolver algo. – Disse Meyer se afastando rápido.

Meyer logo se afastou de ambos, Bonnie e Math decidiram batalhar em um campo público, que tinha uma praça bem próximo. Os dois rapidamente se dirigiram até o local para a batalha.

Bonnie: E então, preparado? – Perguntou.

Math: Claro! – Respondeu sorrindo! 

Bonnie: A batalha será de 2x2 — Eu começo! Pikachu eu escolho você! 
Pikaaaa – Gritou a Pokémon saindo da Pokéball

Math: Minha nossa, você colocou roupas no seu Pokémon. – Diz Math surpreso.

Bonnie: Gostou? Depois te ensino. Hahaha. 

Math: Não precisa! Sandile eu escolho você! – Gritou.

San-dilee – Gritou Sandile com tom de voz calmo, ele deitou-se na areia por alguns segundos, mas logo levantou.

Math: Já sentiu o ambiente, não é? – Perguntou Math a seu Pokémon.
Sandile-eeee – Respondeu. 

Bonnie: Chega de falação e vamos a ação. — Nossa até rimou. – Riu.

Math: Sandile você tem a vantagem, é hora de usa-la. — Sandile use o Stone Edge! – Ordenou.
Saaaandileee


Bonnie: Ataque patético? Sim ou claro? — Pikachu use o Volt Tackle.
Pika-pika-pikaaaaaaaa


*Após Sandile atirar várias pedras do Stone Edge, a Pikachu de Bonnie conseguiu destruir cada uma com o potente Volt Tackle. 

Math: Que droga! — A batalha ainda não acabou. Sandile Dig! 
Saannndiee – Diz o Pokémon cavando um buraco. 


Bonnie: Vai se esconder em um buraquinho? – Perguntou. — Pikachu use o Thunder!
Pikaaaa


Math: Esse não vai fazer nada contra o Sandile! – Disse Math confiante.

Bonnie: Sim, mas tenho certeza que irá assusta-lo, percebi que seu Sandile é bastante inseguro, vi isso durante nossa batalha no ginásio. – Comentou a menina sorrindo. 
Saaaaaa

*Pikachu junta inúmeras forças em seu raio que ao entrar no buraco, causa uma reação estranha, fazendo tudo ali em baixo explodir, Sandile salta bem de dentro da terra, quando o Pokémon estava prestes a cair, uma mão roxa, o pega e o coloca em uma espécie de capsula redonda. 

Math: Mas o que foi isso? Sandileeeee! — Gritou Math, ele estava tremulo e seus olhos sem destino.  
Bonnie: Ei, estamos no meio de uma batalha. – Gritou Bonnie furiosa, no mesmo instante ela pegou uma pedra, e arremessou na direção do homem, que se encontrava a frente dela, porém distante. 

???: Sai! – Ele gritou socando a pedra para longe.

Math: Devolva meu amigo, por favor! – Implorou o menino.

Bonnie: Ei! Vai ficar implorando? Lute! Seja homem

Math: Ham? 

Ela está certa, não posso ficar implorando. Tenho que aprender a ser forte e a encarar os problemas de frente. Talvez seja por isso que perdi para a Bonnie. – Pegou-se Math pensando profundamente.

Bonnie: E então Math? – Gritou a menina fazendo Math voltar a si.

Math: Sim! – Respondeu decidido! — Gogoat e Pumpkaboo vamos! 
Go-goo 
Puupkaaa

Bonnie: Ótimo é disso que eu gosto! Pikachu fique atenta! 
Pikaa

???: Teremos uma batalha bem movimentada! — É disso que eu gosto. Blastoise vamos.
Blaaas-toissse
Bonnie: Fácil! Pikachu use o Thundebolt.
Pikaaaa


Math: Gogoat use o Razor Leaf e Pumpkaboo Shadow Ball! – Ordenou.
 Googoooo
Pumpaa


???: Acham mesmo que vão me derrotar? Patético! – Zombou o homem. — Blastoise use o Rapid Spin e o Hydro Pump. 

~~~


Blaaastoise.

*Com seu poderoso Rapid Spin, Blastoise revida o Razor Leaf e Shadow Ball, sendo atingido apenas pelo Thunderbolt que o causa poucos danos. 

???: Crianças idiotas, tudo isso é patético. – Disse o homem irônico.

Bonnie: Calado! Você veio nos desafiar, nos deixe em paz. — Implorou.

???: Acho que não! – Respondeu.

???: Hey! Não quer enfrentar alguém do seu tamanho? Ou talvez maior? – Perguntou um homem vestido de Blaziken, ele está atrás de Bonnie e Math, mas bem distante.


Bonnie: O que? Você voltou! – Disse Bonnie.

Math: O herói vestido de Blaziken, o herói de Lumiose! – Disse Math aliviado.

Gooogoo
Pumpaaa

???: Então consegui sua atenção! – Disse o homem. 

???: Conseguiu, Marvin! – Respondeu o homem sério.

Math: Parece que eles se conhecem. – Cochichou Math para Bonnie. 

Bonnie: E parece que é a longa data! – Disse ela.

Marvin: Sim Bonniezinha! Eu e seu papai nos conhecemos muito bem. – Gritou Marvin.

Math: Papai? É o que estou pensando? – Disse Math surpreso.

Bonnie: Acho que é isso mesmo, Math! — O Herói é meu p-pai? – Gaguejou Bonnie.

Meyer: Me desculpe! – Disse o homem retirando a máscara e revelando sua verdadeira identidade. 

~Finjam que ele está sério~


Uma batalha conturbada move Lumiose, Bonnie finalmente descobre a identidade do famoso herói de Lumiose, e ele é seu pai! Ela o entenderá? Que relação ele e Marvin possuem? Segredos e mistérios cercam essa história. Continua!


{ 1 Comentários... read them below or add one }

  1. Bom, vamos ao fatos o capítulo foi bem interessante pois mostrou que Bonnie e Math são primos, que eles tem uma grande rivalidade, que ela é um pouco brincalhona e que talvez haja um romance se formando, o que eu AMEI!!! Meyer que é pai e tio de ambos, se revelou, pois é um fato que no Anime até hoje, não foi revelado e que talvez ele tenho alguma ligação com Marvin e talvez com o TEAM FLARE. Capítulo como sempre bem escrito, parabéns. Vou continuar..
    BJS DE GLOSS COM GLITTER.
    Ass: Merry-chan

    ResponderExcluir

- Copyright © 2009 PokéStorn Plus - Plataforma Blogger - Designer Johanes Djogan