Posts Populares

Popular Posts

Postado por: Gabriel Araújo domingo, 20 de março de 2016



Os olhos de Gyron:
   Os olhos de Gyron foi uma herança deixada pelo guardião de Varmath para os homens. Ele foi tido como um tesouro pelos povos antigos, e mantinha um poder descomunal, onde tal poder, era passado de pai para filho e de mãe para filho do povo de Milos, antiga civilização que havia migrado do continente de Chriscia para o continente de Varmath. Hoje, esse povo está extinto e seus olhos foram mantidos como meras lendas... Até hoje!

Capítulo 8 - O verdadeiro Poder!

   Após algum tempo caminhando em direção ao próximo inimigo, o sol cai sobre o horizonte enquanto o crepúsculo se forma no céu. Danlac, Wendy e George montam uma pequena barraca com o que encontraram pelo caminho. Apesar de cansados, os três não conseguiram dormir à noite.

-Eu não entendo, aquele poder que correu pelo meu corpo, só lembro de um calor que senti por dentro, e logo depois eu não me lembro de mais nada.
-Danlac, você... Você se lembra daquele senhor que vimos logo quando chegamos a este vale? Pergunta Wendy.
-Claro, como poderia me esquecer!?
-Quando eu era criança, eu me lembro de que li um livro sobre os guardiões dos três continentes, e cada um deles deixou uma herança como lembrança de sua existência para os homens. Um desses guardiões era Gyron, guardião de Varmath. Ele era um dragão gigante com um poder enorme, assim como os outros dois, Gyron deixou como herança os Olhos de Gyron, uma parte de seu poder. Essa herança ficou com o povo de Milos, um povo que vagou de Chriscia para Varmath. Acredito que eles devam ser seus antepassados, ou seja, você tem esse poder incrível dentro de você.
-Como isso é possível? Eu nem ao menos conheci meus pais, e tudo que minha irmã me contava sobre eles, pareciam pessoas tão normais...
-Mas essa é a única explicação lógica para isso, não há como você obter esse poder de outra forma... Ressalta George.
-Então, quer dizer que, na verdade, minha irmã mentiu pra mim todo esse tempo?
-Não acredito nisso, acho que nem ela mesma saiba desse fato, talvez, assim como você, nem mesmo tenha conhecido as lendas.

   Após isso, houve um silêncio constrangedor, e os três resolvem se deitar, mesmo acordados, permaneceram assim o resto da noite.

   Quando amanheceu, eles seguiram ao pântano, em busca do próximo monstro, com uma espada empunhada, George segue a dianteira, ele sabia que não podiam confiar naquele poder de Danlac de novo, além do mais, era um poder divino, eles ainda não tinham certeza de sua origem, nem ao mesmo se ele voltaria a se manifestar no corpo de seu companheiro, então ele resolveu tomar a responsabilidade de derrotar o próximo alvo. A cada metro que se aproxima do local, o nervosismo toma conta do corpo de George, até um ponto que suas pernas tremiam tanto, que ele caiu no chão. Ele sabia que aquilo não era comum, não era de fato nervosismo, pois entre os três ele era o mais experiente em combate. Sua energia havia sumido, algo estava sugando suas forças aos poucos. Porém, apenas ele sentia isso, então, Danlac e Wendy tentavam de toda forma o reanimar, pois parecia já estar morto. Até que ele consegue abrir os olhos, e pede para que os dois corram dali, de qualquer forma, pois ele pressentia algo que poderia devastar todo reino de Chriscia.

Continua...

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2009 PokéStorn Plus - Plataforma Blogger - Designer Johanes Djogan